Dicas para Economizar no Supermercado

  • 3

Dicas para Economizar no Supermercado

Em tempos de crise, aumento de desemprego e incertezas sobre o futuro, o melhor a fazer é organizar suas contas e conferir todas as possibilidades de economizar.

Gastos no supermercado são parte importante de um orçamento familiar.

Para ajudar nesse item do seu orçamento, vou listar algumas dicas para melhorar a qualidade dos seus gastos e economizar no supermercado.

Compras de supermercado pode ser um perigo, caso você não tenha controle.

Algumas pessoas recebem vale alimentação do seu empregador, o que ajuda em muito no orçamento familiar. Porém precisa ficar muito claro que esse valor é parte do seu salário e deve ser considerado como uma entrada no seu orçamento. A única diferença, é que ele não é depositado na sua conta corrente.

 

Não dá para economizar dinheiro no supermercado se você quiser pegar todos os produtos que estão disponíveis.

Mas existem várias formas para gastar menos e ter mais disciplina. Isso pode garantir uma grande quantia de dinheiro no futuro.

Veja as Dicas:

1) Reorganize sua dispensa e geladeira
É fácil perder a noção do que você já tem, deixar coisas estragarem e comprar o que você não precisava. De tempos em tempos, é bom reorganizar o que você tem guardado justamente para ter noção e impedir que isto ocorra.

2) Tenha uma lista padrão
Há muitos itens que você comprará em todas as idas no supermercado.
Fazendo uma lista, você se atenta mais aos itens que você realmente precisa e não comprará o que não precisa.

Lista de Compras

Eu uso uma lista de compras padrão e estou compartilhando aqui com vocês.
Basta deixar seu e-mail abaixo que eu envio.

 [contact-form][contact-field label=’Deixe seu Email para receber a Lista de Compras’ type=’email’ required=’1’/][contact-field label=’Nome’ type=’name’ required=’1’/][/contact-form]

3) Faça uma comparação de preços
Os supermercados praticam preços diferentes e uma pesquisa pode te ajudar a escolher a loja com o menor preço.
Você pode usar a sua lista padrão de compras para verificar o que você compra frequentemente e  conseguir comparar os preços desses produtos com mais facilidade.  Os jornais de ofertas de mercados sevem como uma referência, mas lembre-se, normalmente os produtos anunciados servem como um chamariz para que você vá à loja e compre outros produtos mais caros.

4) Não vá ao mercado cm fome
Pode parecer bobeira, mas não se engane, a nossa mente tem a capacidade de nos sabotar. Pesquisas indicam que quando estamos com fome e vamos fazer compras de supermercado, há uma tendência bem maior de comprarmos coisas que não são necessárias, principalmente aqueles lanches que engordam bastante e não são nem um pouco saudáveis.

5) Evite fazer compras com crianças
Não leve as crianças para fazer compras. Se chegar o dia de ir e não tiver com quem deixá-las é melhor deixar as compras para outro dia. As crianças são muito fáceis de serem manipuladas pelos produtos do supermercado e você fará qualquer coisa para ter paz e tranquilidade durante esse momento.
Quem quer uma criança chorando escandalosamente no supermercado no meio de todo mundo, porque você não comprou aquele salgadinho ou aquele doce que ela tanto queria?
Portanto, tenha certeza de que as crianças te manipularão e te farão comprar muitos supérfluos. Deixe-as longe do mercado.

6) Use preferencialmente uma cesta, não um carrinho
Um carrinho grande geralmente te induz a comprar coisas que você não precisa.
Por isso, pegue uma cestinha ou escolha os carrinhos menores.
Com menos espaço você provavelmente pegará apenas o essencial.

Cesta de Compras

7) Inverta suas responsabilidades
Muitos casais não fazem as compras juntos: geralmente isso acaba sendo responsabilidade de um dos dois. Inverter essas responsabilidades de tempos em tempos pode ajudar a descobrir o que não deveria ser comprado e evitar vícios.

Seguindo essas dicas você pode melhorar significativamente a qualidade dos gastos no supermercado e contribuir positivamente para seu orçamento familiar.

 

Tem outras dicas?
Deixe um comentário com suas dicas de compras de supermercado.


  • 0

Economizar Poupar Investir

Economizar, poupar e investir geralmente são vistos como sinônimos, quando, na verdade, representam etapas distintas do planejamento financeiro.

No Brasil, pesquisar preços e pechinchar já faz parte da rotina da maioria das pessoas. Quando temos intenção  comprar algo, a maioria dos brasileiros procura comparar preços, buscando opções mais baratas do mesmo produto. Mas este esforço muitas vezes acaba se perdendo, porque o dinheiro economizado em um item acaba sendo gasto em outro.

discounts-300x300

Economizar tem que ser visto de uma forma mais abrangente

Ainda que a capacidade de comparar preços e gastar menos com um determinado item seja uma parte
importante do planejamento orçamentário, ela acaba não gerando os benefícios necessários quando é
vista de forma isolada.

O grande problema é que a maioria de nós não elabora um orçamento familiar.

Orçamento

Sem uma visão clara do seu padrão de gastos mensal, fica difícil entender o impacto que a economia na compra de um determinado produto (ou serviço) tem no todo. Com isso, a decisão de economizar passa a ser quase um reflexo e não parte de um planejamento.

O que realmente acontece é que o dinheiro economizado com um item, acaba sendo gasto com outro.

E isso é muito ruim, pois economizar implica em esforços, que acabam não sendo recompensados se o dinheiro é gasto de outra forma.

Por quê é ruim?

Porque você economiza, mas não poupa.

money

Você faz um esforço extra para economizar dinheiro, mas não consegue acumular um patrimônio, de forma a melhorar a sua qualidade de vida. Dessa forma, fica a sensação de sacrifício permanente, sem um retorno adequado.

Isso é muito desistimulante e acaba te fazendo abandonar a disciplina de pesquisar preços e economizar, sem a qual você pode perder o controle financeiro e entrar em dívidas.

Da economia à poupança 

Economizar dentro de um  contexto de um planejamento financeiro, é o que na verdade vai se tranformar em capacidade de poupar.

Apenas desta forma, o ato de economizar irá gerar melhora na sua qualidade de vida e permitir a formação de patrimônio.

Save-money

Transformar economia em poupança fica mais fácil quando se possui um orçamento.

Isso ocorre porque, através do orçamento, é possível definir metas de poupança mensal, que impede que você gaste aquilo que economizou com outro item.

Com o tempo, da mesma forma como aprendeu instintivamente a comparar preços e economizar, você assimila novos hábitos de consumo e começa a tomar decisões mais inteligentes para o uso do seu dinheiro.

Da poupança ao investimento

Ainda que poupar seja uma etapa importante, o sucesso do planejamento financeiro de uma família também passa pela sua capacidade de fazer o dinheiro que conseguiu poupar, crescer ao longo do tempo.

Efetivamente é através do investimento, da aplicação dos recursos poupados, que o esforço de abrir mão de consumo hoje em favor da capacidade de poder gastar no futuro é recompensado.

Isso porque uma estratégia de investimento bem sucedida permite que a quantia poupada hoje, cresça mais do que a inflação durante o período em que estiver investida, o que permitirá o aumento do poder aquisitivo futuro.

Shiny new money saving or care concept

Imagine a seguinte situação:

Você consegue poupar R$ 500 por mês e, durante 60 meses, investe este dinheiro a uma taxa líquida de 5% ao ano acima da inflação. Após 5 anos, teria poupado R$ 30 mil, ou seja, você abriu mão de gastar R$ 500 por 60 meses.

Mas, como investiu este dinheiro a uma taxa que supera a inflação, ao final do período teria acumulado a quantia de R$ 33 mil.

Na prática isso significa que você “abriu mão de gastar R$ 30 mil” em favor de poder gastar R$ 33 mil no futuro, ou seja, 10% a mais do que guardou.

Portanto, que quanto melhor for a capacidade de uma pessoa de poupar e de investir o dinheiro que conseguiu, maior será o retorno para o “sacrifício” que fez e conseqüentemente, maior o poder aquisitivo futuro.

Pode-se afirmar, portanto, que o correto entendimento de como os atos de economizar, poupar e investir se relacionam não só é importante para o sucesso do planejamento financeiro, como também é parte fundamental na educação financeira de uma família.

Você já fez seu planejamento para esse semestre?

Comece hoje, tenha disciplina e paciência.
Aproveite o inicio do mês e coloque as contas em dia.
Economize, poupe e invista!

Os planos bem elaborados levam à fartura; mas o apressado sempre acaba na miséria.
Provérbios 21:5


  • 0

Como quitar dívidas e poupar dinheiro?

7 estratégias para poupar dinheiro a qualquer custo e independente de quanto você ganha

Gold Pig

Você tem o sentimento que deve poupar algum dinheiro para os dias difíceis. Porém, na atual situação do país, parece que tudo vai mal e o seu dinheiro não dá pra nada.

Como podemos poupar qualquer quantia nessa situação?

Como guardar, mesmo que um valor mínimo, quando temos tantas necessidades e dívidas para acertar?

Alguns anos atrás, eu passei por uma situação de extrema dificuldade financeira, onde precisei muito da ajuda de familiares para poder morar e me alimentar. Perdi meu trabalho, fiquei sem renda e simplesmente não tinha reserva nenhuma que pudesse me sustentar.

Foi uma situação muito difícil, que foi ocasionada porque eu não tinha planejado e nem estava preparado para qualquer emergência.

Graças a Deus, algumas pessoas próximas me ajudaram a superar os dias mais difíceis. Essa experiência me ensinou que tudo na vida é uma questão de atitude. Eu decidi encarar essa crise como uma oportunidade de aprendizado e não como uma desgraça. Logo que eu consegui uma nova renda, mudei completamente minha forma de gastar e poupar.

Isso literalmente mudou minha vida.

Aqui estão algumas estratégias gastar melhor seu dinheiro e formar uma poupança para emergências:

1 – Pague todas as suas dívidas

É difícil pensar em poupar qualquer dinheiro quando você tem diversas preocupações com dívidas de cheque especial, cartão de crédito, cartões de lojas e outros financiamentos. Trabalhe para pagar todas suas dívidas em primeiro lugar. Uma vez que você tenha a dívida toda paga, comece a guardar o valor que pagava de parcelas dos financiamentos e mantenha-se longe de novas dívidas.

2 – Pague-se primeiro

É muito mais fácil poupar dinheiro quando você tem muito dinheiro e não quando você está no vermelho. Por isso, você tem que separar sua reserva logo que receber seu salário ou seu rendimento. Configure uma transferência automática da sua conta corrente para a sua conta poupança no início do mês, antes que sejam pagas as suas outras contas.

3 – Compre à vista, com dinheiro

Comprovadamente, compras com cartões de crédito fazem as pessoas gastarem mais do que se estivessem com dinheiro vivo. Outra coisa, para os lojistas, vender com cartões tem custos extras como manutenção da maquininha, e taxas de adesão, mensalidades, taxas de antecipação, etc. Certamente você conseguirá um bom desconto por pagar à vista em dinheiro. Somados, esses pequenos descontos podem fazer muita diferença no fim do mês.

4 – O plano de poupança de R$ 5,00

Geralmente temos dinheiro na mão para pequenas compras. Toda vez que o caixa lhe entregar uma nota de cinco reais de troco guarde-a em um esconderijo. Todos os meses deposite todas as notas que estão no seu esconderijo em sua conta poupança. Você ficará surpreso com a rapidez do rendimento.

5 – Cofrinho

Semelhante ao plano de poupança de R$ 5,00. Toda vez que você chegar em casa com moedas, coloque-as todas em um cofrinho. Quando seu cofrinho estiver cheio, retire as moedas e leve-as para depositar em sua poupança. Isso era uma prática antiga, mas que ainda dá certo.

6 – Use o sistema de orçamento em envelopes

Sistema de envelopes de é uma das maneiras mais fáceis para começar um orçamento e controlar suas contas. Você simplesmente divide sua renda do mês e a divide em diferentes categorias, como alimentos, transporte, entretenimento e vestuário.
Então, você coloca os valores atribuídos em seus respectivos envelopes. Uma vez que acabe o dinheiro do envelope, você não pode gastar mais dessa categoria nesse mês.
No entanto, se você tiver uma vida mais frugal, pode terminar o mês com algum dinheiro sobrando. Em vez de correr para gastar o excedente no final do mês, primeiro considere a ideia de colocar o dinheiro que está sobrando na poupança.
Esse sistema pode te ajudar a manter a disciplina de seus gastos e garantir um dinheiro extra no fim do mês.

7 – Renda extra ou recebimento de um bônus

Podemos considerar uma renda extra para ajudar a acelerar seus planos de quitação de dívidas e poupança.
Vender cosméticos, jóias e bijuterias, guloseimas e outros produtos de pequeno valor, pode fornecer uma fonte extra de renda e acelerar seus planos. Não incorpore essa renda extra em seus custos mensais, direcione direto para quitar dívidas mais rápido ou para sua poupança. Faça o mesmo com o bônus de férias, 13º e PLR.

Aqui estão algumas ideias para você se certificar de que realmente tem dinheiro sobrando:

  • Compre só o que for prioridade.
  • Almoce em casa em vez de comer fora.
  • Tenha um jantar econômico, uma vez por semana.
  • Ao invés daquele jantar e filme caro, tente um entretenimento sem custo ou de baixo custo.
  • Passeie de bicicleta, assista um filme em casa, visite um parque, faça uma caminhada, visite um museu ou assista a um show gratuito em um parque.
  • Faça a maioria de suas refeições em casa. Você acha que está muito ocupado? Experimente cozinhar e congelar para te dar maior comodidade.

Você pode ser tentado a adiar a sua poupança para começar só quando estiver ganhando mais.

Não espere!

“A quem tem será dado, e este terá em grande quantidade. De quem não tem, até o que tem lhe será tirado.“
Mateus 13:12

Não deixe de ter uma reserva.
Comece com pouco e adquira o hábito agora.
Você ficará surpreso com a rapidez do crescimento de suas reservas.

1414600578005arvore-do-dinheiro