Semeadura e Colheita

  • 3

Semeadura e Colheita

Você conhece a lei da Semeadura e da Colheita?

Nesse final de semana estava lendo o livro “O Poder da Ação” de Paulo Vieira.

livro-o-poder-da-acao

 

Entre muitas coisas interessantes do livro, quero compartilhar uma.

Em diversos trechos do livro, o autor repete a seguinte frase:

“Tem poder quem age e mais poder ainda quem age certo.”

(Paulo Vieira)

Acho que foi daí que saiu o nome do livro.

Essa frase me fez lembrar de uma lei universal, um princípio que rege o universo desde sua criação:

 

A Lei da Semeadura

ou

 Lei do Plantio e da Colheita

A Lei da Semeadura diz que o que for semeado, será colhido.

Acho essa lei fantástica, por que nossa vida é exatamente assim!

Te convido a fazer uma reflexão:
 – Pense em um campo, com a terra limpa, adubada e pronta para o plantio.

Campo vazioUma terra próspera onde poderemos colher com abundância tudo aquilo que for semeado.
Não precisa imaginar um campo grande, como as enormes fazendas. Vamos começar imaginando um pequeno pedaço de terra que pode ser facilmente manipulada por uma única pessoa, você.
Bom, posso afirmar que esse campo é muito semelhante às nossas vidas.

Um campo pronto para o plantio!

 

Quero te fazer uma pergunta:

O que você plantaria nesse campo de terra fértil?

A pergunta é pertinente, porque podemos semear milhares de coisas diferentes.
Por isso, insisto, o que você quer semear no seu próprio campo?

Quer semear frutos deliciosos?
Verduras frescas e cheias de vitaminas?
Ou vai deixar o campo vazio?

 

Importante lembrar que pela Lei da Semeadura, que o que for semeado, será colhido.

Semeadura

Eu quero chamar sua atenção para alguns aspectos que são fundamentais nessa lei universal:

 

1 – Eu preciso semear.

Não adianta esperar cair do céu. É preciso semear. Semear exige esforço.

Ninguém vai semear no seu campo / na sua vida. Você precisa semear seu próprio campo, a sua própria vida.

Se você quer uma grande colheita, não basta jogar as sementes na terra.

Semear não é lançar sementes para o alto e deixar cair no chão como se estivesse jogando milho para as galinhas.

Observando o site da Embrapa, descobri que existem técnicas para melhorar a semeadura:

  • É preciso colocar as sementes no solo da forma correta.
  • Colocar na profundidade adequada à aquela cultura.
  • Temos que deixar um espaçamento adequado entre as sementes.
  • É importante observar a época mais propícia para a semeadura.
  • Fundamental fazer um rodízio de culturas para não esgotar o solo.

Alguma semelhança com a nossa vida?

Plantar Sementes

 

2 – Para semear, preciso ter sementes.

Se quiser semear tomates, vai precisar de sementes de tomate.

Se quiser semear e colher amor, precisa plantar sementes de amor.

Qualquer coisa que você quiser semear, primeiro é preciso ter a semente certa para ser semeada.

Caso não tenha a semente correta, vai precisar primeiro obter a semente, para somente depois poder semear.

Sementes

3 – Semear não acaba após colocar as sementes no solo, é preciso cultivar.

Cultivar significa cuidar para que tenha um crescimento adequado e assim gere muitos frutos.

É preciso cuidar da quantidade de água e de sol adequados.

Controlar as ervas daninhas, os insetos e as pragas, para garantir melhores resultados.

Aqui quero chamar atenção para um fator importante: Cada cultura, cada planta, cada semente, demanda um tipo de cultivo, de cuidado diferente. Se você não sabe cultivar a sua semente, vá buscar conhecimento. Pesquise o que é preciso para fazer sua semente se tornar um belo fruto.

Cultivar também demanda tempo e dedicação. Entre a semente e o fruto, existe um caminho a ser percorrido.

Lembre-se: aquele que semeia pouco, também colherá pouco, e aquele que semeia com fartura, também colherá fartamente.

Semear

4 – Colher no tempo certo.

Nem antes, nem depois.

Os frutos têm um tempo certo para estarem prontos. Se forem colhidos antes do tempo, não estarão ideais para o consumo. Se ficarem muito além do tempo correto, apodrecerão antes de serem colhidos, ou serão devorados por animais, aves ou insetos.

Importante observar o período da colheita para não desperdiçar todo o trabalho inicial de semeadura e cultivo.

“ Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu. Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou…” Eclesiastes 3:1,2

Semeadura

5 – Se eu semeei, vou colher.

Depois de semeado, vai germinar, vai crescer, florescer e dar frutos.

Se plantei sementes boas, serão bons frutos. Se semeei sementes ruins, terei frutos ruins.

Se as sementes semeadas não foram as que eu queria semear nem colher, assim mesmo elas irão crescer.

Para plantar uma nova semente, preciso limpar o campo, preparar a terra e deixar livre para poder semear novas sementes.

Como disse um amigo: “O plantio é opcional, mas a colheita é obrigatória!

Quem semeia a injustiça, colhe a maldade. Quem é generoso será abençoado, pois reparte o seu pão.

 

Partir o pão

6 – Um campo fértil, não fica vazio.

Você já viu um terreno que foi limpo algum tempo depois? Ele não fica vazio.

Nossa terra é muito fértil e abundante assim como nossa vida.

Mesmo sem absolutamente nada, nenhuma semente, nem mesmo adubo, se nada for plantado, após algum tempo, crescem mato e ervas daninhas.

Aí, para podermos plantar qualquer coisa, vamos ter que limpar o terreno novamente, antes de colocar qualquer semente.

Se o campo for abandonado por muito tempo, a dificuldade de limpar será ainda maior. Pode ser que cresçam árvores infrutíferas que demandarão muito esforço para serem retiradas.

 

Acredito que nossas vidas são exatamente assim, como um campo fértil.

Na juventude, ele está vazio, pronto para ser cultivado.

As vezes acabamos abandonando o campo e nele crescem ervas daninhas e se instalam alguns insetos. Para plantar coisas novas, vamos precisar limpar o campo para podermos plantar o que queremos.

 

Algumas pessoas nunca param para pensar o que querem plantar e acabam colhendo apenas poucos frutos que nasceram espontaneamente, pela graça divina.

Algumas pessoas, cuidam dos seus campos com primazia, escolhendo o que está sendo cultivado, tirando as ervas daninhas, espantando os insetos e pragas que independentemente do seu cuidado sempre aparecerão.

Lembre-se que somos reconhecidos por nossos frutos.
Pode alguém colher uvas de um espinheiro ou figos de ervas daninhas?

Quer conhecer uma pessoa? Observe seus frutos!

 

Com isso tudo em mente, pergunto novamente:

O que você quer semear no seu próprio campo?

Que frutos quer colher da sua vida?

Semeadura

Quer semear grandes sonhos e colher grandes resultados?
Aprenda a fazer seu Planejamento Pessoal e conquiste grandes colheitas!

Não se deixem enganar: de Deus não se zomba. Pois o que o homem semear, isso também colherá.

Gálatas 6:7


About Author

Denis Medina

Economista, MBA internacional em gestão, professor de finanças e controladoria na Universidade Anhembi Morumbi, Gestor Financeiro, com 17 anos de experiência na área financeira e comercial em indústrias multinacionais e grandes instituições financeiras. Consultoria em gestão, finanças e planejamento estratégico.

3 Comments

Zamy

8 junho, 2016 at 11:20 am

Muito 10 esse website. A situação econômica está dureza. Achei muito bom esse video novo sobre como faturar um dinheirinho extra com videos no youtube. Imagino que dê uma força para algumas pessoas por ai. https://www.youtube.com/playlist?list=PLEtEtE3JUy6-fiLp7YRidSEsN8saUQikY?sub_confirmation=1

https://www.youtube.com/playlist?list=PLEtEtE3JUy6-fiLp7YRidSEsN8saUQikY?sub_confirmation=1

Gustavo Rossi

12 janeiro, 2016 at 1:14 pm

Ótimo Texto Denis, sempre sou abençoado quando os recebo.
Continue nessa fé, pois você tem leitores fiéis…

Atte.,

    Denis Medina

    18 janeiro, 2016 at 3:23 pm

    Obrigado!

Leave a Reply