Category Archives: Finanças

  • 0

  • 0

Palestra sobre Finanças Pessoais

Aprenda administrar seu dinheiro com excelência.

Palestra Finanças

Vou te ensinar como administrar seu dinheiro, quitar suas dívidas e ter uma vida financeira próspera.

Te convido a participar dessa palestra no ADAI College

Dia 09 de Abril de 2016 – Sábado – 09h

Rua Bom Pastor, 2732 – Ipiranga – São Paulo – SP

Inscrições limitadas pelo e-mail: adaicollege@gmail.com

Valor: R$ 50,00 / pessoa


  • 3

Semeadura e Colheita

Você conhece a lei da Semeadura e da Colheita?

Nesse final de semana estava lendo o livro “O Poder da Ação” de Paulo Vieira.

livro-o-poder-da-acao

 

Entre muitas coisas interessantes do livro, quero compartilhar uma.

Em diversos trechos do livro, o autor repete a seguinte frase:

“Tem poder quem age e mais poder ainda quem age certo.”

(Paulo Vieira)

Acho que foi daí que saiu o nome do livro.

Essa frase me fez lembrar de uma lei universal, um princípio que rege o universo desde sua criação:

 

A Lei da Semeadura

ou

 Lei do Plantio e da Colheita

A Lei da Semeadura diz que o que for semeado, será colhido.

Acho essa lei fantástica, por que nossa vida é exatamente assim!

Te convido a fazer uma reflexão:
 – Pense em um campo, com a terra limpa, adubada e pronta para o plantio.

Campo vazioUma terra próspera onde poderemos colher com abundância tudo aquilo que for semeado.
Não precisa imaginar um campo grande, como as enormes fazendas. Vamos começar imaginando um pequeno pedaço de terra que pode ser facilmente manipulada por uma única pessoa, você.
Bom, posso afirmar que esse campo é muito semelhante às nossas vidas.

Um campo pronto para o plantio!

 

Quero te fazer uma pergunta:

O que você plantaria nesse campo de terra fértil?

A pergunta é pertinente, porque podemos semear milhares de coisas diferentes.
Por isso, insisto, o que você quer semear no seu próprio campo?

Quer semear frutos deliciosos?
Verduras frescas e cheias de vitaminas?
Ou vai deixar o campo vazio?

 

Importante lembrar que pela Lei da Semeadura, que o que for semeado, será colhido.

Semeadura

Eu quero chamar sua atenção para alguns aspectos que são fundamentais nessa lei universal:

 

1 – Eu preciso semear.

Não adianta esperar cair do céu. É preciso semear. Semear exige esforço.

Ninguém vai semear no seu campo / na sua vida. Você precisa semear seu próprio campo, a sua própria vida.

Se você quer uma grande colheita, não basta jogar as sementes na terra.

Semear não é lançar sementes para o alto e deixar cair no chão como se estivesse jogando milho para as galinhas.

Observando o site da Embrapa, descobri que existem técnicas para melhorar a semeadura:

  • É preciso colocar as sementes no solo da forma correta.
  • Colocar na profundidade adequada à aquela cultura.
  • Temos que deixar um espaçamento adequado entre as sementes.
  • É importante observar a época mais propícia para a semeadura.
  • Fundamental fazer um rodízio de culturas para não esgotar o solo.

Alguma semelhança com a nossa vida?

Plantar Sementes

 

2 – Para semear, preciso ter sementes.

Se quiser semear tomates, vai precisar de sementes de tomate.

Se quiser semear e colher amor, precisa plantar sementes de amor.

Qualquer coisa que você quiser semear, primeiro é preciso ter a semente certa para ser semeada.

Caso não tenha a semente correta, vai precisar primeiro obter a semente, para somente depois poder semear.

Sementes

3 – Semear não acaba após colocar as sementes no solo, é preciso cultivar.

Cultivar significa cuidar para que tenha um crescimento adequado e assim gere muitos frutos.

É preciso cuidar da quantidade de água e de sol adequados.

Controlar as ervas daninhas, os insetos e as pragas, para garantir melhores resultados.

Aqui quero chamar atenção para um fator importante: Cada cultura, cada planta, cada semente, demanda um tipo de cultivo, de cuidado diferente. Se você não sabe cultivar a sua semente, vá buscar conhecimento. Pesquise o que é preciso para fazer sua semente se tornar um belo fruto.

Cultivar também demanda tempo e dedicação. Entre a semente e o fruto, existe um caminho a ser percorrido.

Lembre-se: aquele que semeia pouco, também colherá pouco, e aquele que semeia com fartura, também colherá fartamente.

Semear

4 – Colher no tempo certo.

Nem antes, nem depois.

Os frutos têm um tempo certo para estarem prontos. Se forem colhidos antes do tempo, não estarão ideais para o consumo. Se ficarem muito além do tempo correto, apodrecerão antes de serem colhidos, ou serão devorados por animais, aves ou insetos.

Importante observar o período da colheita para não desperdiçar todo o trabalho inicial de semeadura e cultivo.

“ Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu. Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou…” Eclesiastes 3:1,2

Semeadura

5 – Se eu semeei, vou colher.

Depois de semeado, vai germinar, vai crescer, florescer e dar frutos.

Se plantei sementes boas, serão bons frutos. Se semeei sementes ruins, terei frutos ruins.

Se as sementes semeadas não foram as que eu queria semear nem colher, assim mesmo elas irão crescer.

Para plantar uma nova semente, preciso limpar o campo, preparar a terra e deixar livre para poder semear novas sementes.

Como disse um amigo: “O plantio é opcional, mas a colheita é obrigatória!

Quem semeia a injustiça, colhe a maldade. Quem é generoso será abençoado, pois reparte o seu pão.

 

Partir o pão

6 – Um campo fértil, não fica vazio.

Você já viu um terreno que foi limpo algum tempo depois? Ele não fica vazio.

Nossa terra é muito fértil e abundante assim como nossa vida.

Mesmo sem absolutamente nada, nenhuma semente, nem mesmo adubo, se nada for plantado, após algum tempo, crescem mato e ervas daninhas.

Aí, para podermos plantar qualquer coisa, vamos ter que limpar o terreno novamente, antes de colocar qualquer semente.

Se o campo for abandonado por muito tempo, a dificuldade de limpar será ainda maior. Pode ser que cresçam árvores infrutíferas que demandarão muito esforço para serem retiradas.

 

Acredito que nossas vidas são exatamente assim, como um campo fértil.

Na juventude, ele está vazio, pronto para ser cultivado.

As vezes acabamos abandonando o campo e nele crescem ervas daninhas e se instalam alguns insetos. Para plantar coisas novas, vamos precisar limpar o campo para podermos plantar o que queremos.

 

Algumas pessoas nunca param para pensar o que querem plantar e acabam colhendo apenas poucos frutos que nasceram espontaneamente, pela graça divina.

Algumas pessoas, cuidam dos seus campos com primazia, escolhendo o que está sendo cultivado, tirando as ervas daninhas, espantando os insetos e pragas que independentemente do seu cuidado sempre aparecerão.

Lembre-se que somos reconhecidos por nossos frutos.
Pode alguém colher uvas de um espinheiro ou figos de ervas daninhas?

Quer conhecer uma pessoa? Observe seus frutos!

 

Com isso tudo em mente, pergunto novamente:

O que você quer semear no seu próprio campo?

Que frutos quer colher da sua vida?

Semeadura

Quer semear grandes sonhos e colher grandes resultados?
Aprenda a fazer seu Planejamento Pessoal e conquiste grandes colheitas!

Não se deixem enganar: de Deus não se zomba. Pois o que o homem semear, isso também colherá.

Gálatas 6:7


  • 1

Planejamento Pessoal para 2016

Uma verdade que eu aprendi a algum tempo, e que tem me ajudado, principalmente nos últimos 5 anos, é a diferença que um bom planejamento faz na realização de meus objetivos.

Quem planeja tem infinitas vezes mais chance de alcançar seus objetivos do que quem simplesmente faz as coisas sem planejar antes.

Arrisco dizer que para pequenas empreitadas, pequenos sonhos, pequenos objetivos, talvez o planejamento faça pouca diferença. Mas se você quer realmente alcançar grandes objetivos, precisa fazer um bom planejamento. Para construir uma casinha de cachorro, talvez o planejamento faça pouca diferença, mas para construir um edifício, o planejamento é fundamental.

“Qual de vocês, se quiser construir uma torre, primeiro não se assenta e calcula o preço, para ver se tem dinheiro suficiente para completá-la? Lucas 14:28

Porém eu sei que a maioria das pessoas não tem ideia de como fazer um planejamento. Tenho ciência de que a maioria não sabe nem por onde começar. Por isso, vou explicar em 5 passos simples, como montar seu planejamento para 2016 e no final, vou disponibilizar um modelo de planejamento para você poder montar o seu com mais facilidade.

strategic_planning-500x300

São apenas 5 passos, para montar seu planejamento e você poderá utilizar um modelo para facilitar o seu trabalho. Tenho certeza que com o seu planejamento em mãos, você conseguirá conquistar muito mais do que jamais imaginou.
Não estou brincando. Mas você terá que acreditar em mim primeiro, para depois poder comprovar. Terá que fazer seu próprio planejamento, utilizá-lo e depois terá convicção do que estou falando.

Um planejamento é simplesmente a resposta a 3 questões básicas:

  • Onde estou?

  • Pra onde vou?

  • Como eu vou?

Como um exemplo bem simples, um planejamento de viagem, seria mais ou menos assim:

  • Onde estou? – São Bernardo do Campo / SP – Bairro Paulicéia
  • Pra onde vou? – Santos / SP – Ponta da Praia
  • Como eu vou? – De carro, de ônibus, de helicóptero, de bicicleta, caminhando, de carona? Vou pela Rodovia Anchieta, pela Rodovia dos Imigrantes ou pelo Caminho do Mar (Estrada Velha de Santos)?

Veja que a primeira questão deve ser a mais fácil de responder: Onde estou?

A segunda questão, “Pra onde vou?”, depende de uma definição clara de meu objetivo. Se não souber exatamente onde quero chegar, dificilmente alcançarei meu objetivo.

Tendo claro onde estou e pra onde vou, vem a melhor parte do planejamento: “Como vou?”
A terceira questão, é cheia de possibilidades. No exemplo acima podemos ver que existem algumas possibilidades mais óbvias e outras mais complexas. Algumas possibilidades mais baratas e outras mais caras, algumas mais rápidas e outras mais lentas, algumas onde posso realizar sozinho, outras onde dependo de outras pessoas.

Enfim, quando tenho claro “onde estou” e “pra onde vou”, responder “como ir” é um verdadeiro desafio formado por um leque de possibilidades que dependem de meus recursos e de minhas vontades.

Com um planejamento anual em mãos, você terá um verdadeiro mapa, que te mostrará os caminhos para conquistar seus sonhos, dia após dia.

Mas antes de começar com o planejamento, preciso explicar um aspecto importante para termos sucesso completo em nossas vidas, as sete saúdes.

Vou dividir seu planejamento em 7 áreas que muitos especialistas chamam de 7 saúdes.

Sete Saúdes

As sete saúdes são nada mais do que uma visão mais completa de nossas vidas.
Pense comigo, você se sentiria completo se tivesse um excelente trabalho, fosse reconhecido e bem pago, mas com uma família destruída?
E como se sentiria se sua imagem refletida no espelho fosse dentro dos padrões de beleza, mas quando abre a boca as pessoas franzem a testa se perguntando “O que ele está falando?”

Por isso, para termos um planejamento completo e eficiente, precisamos cuidar dessas sete áreas importantes de nossas vidas.

Vamos entender melhor as Sete Saúdes:

 SAÚDE FÍSICA Trata-se do seu corpo, sua aparência, seu peso, seu fôlego, sua disposição para o trabalho e atividades de lazer, visitas regulares ao médico, etc.

 SAÚDE EMOCIONAL Trata-se da saúde dos seus relacionamentos. Relacionamento com você mesmo, com seus amigos, com os colegas de trabalho e de escola, com os seus familiares, marido, esposa, filhos, etc.

 SAÚDE INTELECTUAL Trata de cursos, leituras, assistir bons filmes, tocar instrumentos. Uma pergunta que pode ser feita para pensarmos na saúde intelectual, é o que você tem feito para desenvolver suas habilidades e talentos?

 SAÚDE PROFISSIONAL Trata-se efetivamente do seu trabalho. Você trabalha na área que gosta? Como tem sido sua performance profissional? Produzir resultados e ser reconhecido por eles são sinais de saúde profissional.

 SAÚDE SOCIAL Aqui devemos pensar em como nos relacionamos com a comunidade. A participação social interfere diretamente em nossa qualidade de vida.

 SAÚDE ESPIRITUAL Orar, ler a bíblia, meditar, silenciar a mente são práticas que nos ajudam a ter paz e tranquilidade.

SAÚDE FINANCEIRA Como você ganha, gasta, economiza e investe seu dinheiro? Saúde financeira em desequilíbrio causa muitos problemas e no mínimo, muita dor de cabeça.

Muito bem, entendido que precisamos pensar na nossa vida como um todo, vamos ao planejamento.

Pronto pra começar?

 future_plans1

Passo 1

Alguns sabem que além de especialista em finanças e gestor financeiro, também sou professor universitário. Entre as principais matérias que leciono, sempre encontro relacionamentos em suas essências. E o início de qualquer projeto, plano, objetivo ou meta, sempre deve ser o diagnóstico.

Diagnóstico nos faz pensar nas consultas médicas. Mas é da mesma forma que devemos proceder, fazer um diagnóstico pessoal. Um diagnóstico pessoal deve responder à primeira pergunta do planejamento: Onde estou?

Onde estou, não quer dizer apenas de localização física, mas de todo o complexo de informações que me dizem onde estou em diferentes áreas de nossas vidas, dentro das sete saúdes.

Uma formar de entender isso é simplesmente lembrar de como foi seu ano de 2015?

Quero que você comece seu planejamento de 2016, listando suas conquistas de 2015.

Pegue seu planejamento e comece a listar as realizações dentro de cada saúde. Em seguida, continue definindo sua posição atual com o refinamento de informações que descrevam exatamente qual sua situação atual dentro de cada saúde.

 

Passo 2

Definida nossa posição atual, podemos passar para o segundo ponto fundamental para nosso planejamento: Pra onde vou?

Sei que para muitas pessoas essa é a resposta mais difícil de se responder.

Temos milhares de possibilidades a nossa frente e ao mesmo tempo temos outros milhares de limitadores que nos impedem de transformar as possibilidades em novas realidades.
Queremos crescer profissionalmente dentro das empresas, mas trabalhamos em uma micro-empresa familiar.
Queremos ter um corpo saudável, mas não resistimos a um chocolate no meio da tarde.
Conheço pessoas que tem diversos conhecimentos, em áreas bem distintas, que possibilitariam trabalhar em diversas empresas e em áreas diferentes, mas sempre são contratadas para fazer o mesmo trabalho de sempre, com o mesmo salário de sempre.

Entendo que é uma resposta bem difícil de ser respondida.

Percebo que muitas pessoas não conseguem definir com clareza para onde ir, pois não querem limitar suas possibilidades. Mas quero esclarecer uma coisa: Não tenha medo de errar.

Só não erra, quem não faz, quem não executa nada.

Não tenha medo

Não tenha medo de definir pra onde você quer ir, não tenha medo de definir em qual direção caminhar. Se estiver errado, Volte. Se não gostou, mude de direção.

A vida é longa!

Mente quem diz que a vida é curta. A vida é longa. Muito longa.

Nós subestimamos o que podemos fazer em um único dia.
Subestimamos o que podemos fazer ao longo de vários dias.

Muitas pessoas não pensam em seus objetivos. Algumas até pensam, mas não fazem nada a respeito. Poucas pessoas efetivamente conduzem suas vidas pelos caminhos que elas escolheram. Essas pessoas têm certeza de que a vida não é curta, pois realizaram muitas coisas ao longo da vida.

Seu planejamento vai te ajudar a atingir diversos objetivos. Mas não se preocupe, se não conseguir atingir esse ano, continuaremos a perseguir esses e novos objetivos nos próximos anos.

Entenda que não quero que defina objetivos que não vá cumprir. Quero que não seja muito duro consigo mesmo.

Permita-se errar.
Permita-se sonhar.
Permita-se acertar.
Permita-se conquistar.

Se escolheu um objetivo e percebeu que ele não faz mais sentido, OK. Altere seu planejamento, reveja seus objetivos e siga na nova direção.

O que eu estou tentando dizer é que esse pode ser o seu primeiro planejamento na vida, ou pode ser o primeiro mais estruturado, não importa, o que importa é que você precisa entender o poder de planejar sua vida e fazer planejamentos frequentemente. Estamos aqui, em janeiro, planejando 2016. Em dezembro, vamos planejar 2017. No próximo ano, vamos planejar 2018 e assim sucessivamente.

Se o planejamento de 2016 não ficar tão bom, não importa. Em 2017 ele será melhor. Em 2018 ainda melhor, e melhor e melhor e melhor a cada ano. Mas se não começar a definir objetivos hoje, você corre o risco de dentro de pouco tempo se ver cantando aquele samba: “Deixa a vida me levar, vida leva eu…” E posso te afirmar que se você não definir o caminho que quer conduzir sua vida, certamente será conduzido para qualquer lugar, provavelmente um lugar que não te agrade. E a sua percepção será de que a vida é curta, pois não fez nada do que queria fazer. Mas teve tempo para fazer.

Não importa a direção, defina onde quer chegar no final de 2016.

Crie seus objetivos e metas para 2016 e acredite que serão atingidas, tenha fé!

Importante: Defina metas que são possíveis de serem mensuradas e alcançadas.

Exemplo: Eu defini, no meu planejamento de 2016, como uma meta dentro da saúde financeira que vou poupar e investir R$ 1.000,00 / mês.
Veja que é uma meta atingível dentro da minha renda e com uma quantidade bem específica R$ 1.000,00

 

Passo 3

Detalhe cada uma das metas definindo Quantidades e Prazos para cada uma delas.

Não adianta nada colocar no meu planejamento que quero apenas guardar dinheiro. Preciso saber para que quero isso e quanto eu quero e em qual prazo. Preciso saber exatamente o quanto é possível poupar. Preciso definir que vou investir. E preciso definir o prazo para isso.

Não quero guardar dinheiro. Quero poupar e investir para deixar o dinheiro trabalhar por mim no futuro.
Sei que R$ 1.000,00 / mês não vai me deixar rico nem ficar sem trabalhar e viver de renda.

Também sei que não é uma meta fácil. Vou precisar abrir mão de alguns desejos de curto prazo e manter as contas dentro de um orçamento que possibilite atingir essa meta, mas é possível.

Então, podemos perceber que essa meta é bem específica e tem uma quantidade bem clara e definida.

Precisamos também determinar o tempo de atingimento da meta. Nesse caso determinei R$ 1.000,00 / mês, ou seja, no último dia de cada mês, preciso olhar para meus investimentos e observar que conseguir fazê-los crescer R$ 1.000,00

Fotolia_61091837_XS-424x216

Se você determinou uma meta que não possa ser medida, não vai conseguir ter segurança de que ela foi cumprida e isso pode prejudicar seu planejamento.

Já vi pessoas colocarem como meta, ser feliz. Mas como medir a felicidade? Simplesmente não dá.

Mas se gastarmos um pouco mais de tempo, podemos melhorar essa meta, de uma forma que ela possa ser medida.

Vamos dar um exemplo. Estar com minha família me faz feliz, viajar me faz feliz, ter as contas em ordem me faz feliz, fazer churrasco me faz feliz. Bom, pensando um pouco, se eu conseguir realizar essas coisas, vou me sentir feliz. Então posso dividir em diversas metas que eu vou conseguir medir e terei certeza de que atingi os objetivos.

  • Posso determinar na Saúde Emocional que quero visitar ou receber a visita de parentes pelo menos 1 x por mês e fazer ou participar de um churrasco em família uma vez a cada 2 meses.
  • Posso colocar que quero viajar 4 vezes nesse ano. Podem ser 3 viagens curtas (praia ou interior) e 1 viagem longa (nordeste, por exemplo)
  • Depois, posso colocar na Saúde Financeira que quero pagar todas as contas em dia e ter uma reserva financeira de pelo menos 3 meses de despesas fixas para eventualidades.

Dessa forma, consigo mensurar minha felicidade.
Vejam que são apenas exemplos, cada um tem coisas que te agradam e te deixam felizes.

Agora é preciso prestar atenção pois, se eu consegui cumprir as minhas metas e não estou me sentindo feliz, talvez eu precise de aconselhamento profissional para entender onde está efetivamente o problema e assim definir metas mais adequadas.

Para deixar as metas mais claras e visuais, podemos utilizar desenhos ou fotos de nossas metas no planejamento. É importante que o seu planejamento seja muito pessoal com suas metas, seus sonhos e seus objetivos. Pra isso, utilize recursos visuais.

 

Passo 4

Defina as tarefas necessárias para atingir os objetivos. Efetivamente, como vou chegar ao lugar que eu defini como meta?

Lembrando da minha meta de poupar e investir R$ 1.000,00 / mês, agora eu preciso saber como atingir esse objetivo.

No passo 4, vamos definir as ações para atingir os objetivos e metas.

Que nesse caso, vou definir que preciso Aumentar minha renda e reduzir meus custos mensais. Como aumentar a renda é um pouco mais difícil, vamos pensar primeiramente em reduzir os gastos. Pra isso, preciso listar todos os custos fixos (prestação da casa, condomínio, água, luz, gás, TV a cabo, telefone, celular, despesas de mercado, etc) e os custos variáveis (jantar fora, viagens, presentes, churrascos, etc.). Com essas informações determino o quanto eu preciso para manter minha família e quanto consigo poupar de meu orçamento. No meu caso, faço isso em conjunto com minha esposa, pois se vamos abrir mão de algo, precisamos estar de acordo com essa privação de curto prazo para atingir metas de longo prazo (aposentadoria confortável).

Para uma meta de compra de imóvel por exemplo, podemos definir um valor mensal a ser poupada para termos a quantia necessária para dar entrada no financiamento imobiliário.

 

Passo 5

Comemore as conquistas.

As conquistas precisam ser comemoradas e desfrutadas.

Quando atingir o primeiro objetivo, comemore junto com as pessoas que são importantes na sua vida e te ajudaram a atingir aquela meta.

 

Champagne-romance

 

Baixe o modelo de planejamento para você poder montar o seu Planejamento Pessoal para 2016 com mais facilidade, clicando aqui

Espero que esse pequeno guia mais o modelo te ajude a conquistar muitas vitórias no ano de 2016!!!

 

Consagre ao senhor tudo o que você faz, e os seus planos serão bem-sucedidos. Pv 16:3


  • 3

Dicas para Economizar no Supermercado

Em tempos de crise, aumento de desemprego e incertezas sobre o futuro, o melhor a fazer é organizar suas contas e conferir todas as possibilidades de economizar.

Gastos no supermercado são parte importante de um orçamento familiar.

Para ajudar nesse item do seu orçamento, vou listar algumas dicas para melhorar a qualidade dos seus gastos e economizar no supermercado.

Compras de supermercado pode ser um perigo, caso você não tenha controle.

Algumas pessoas recebem vale alimentação do seu empregador, o que ajuda em muito no orçamento familiar. Porém precisa ficar muito claro que esse valor é parte do seu salário e deve ser considerado como uma entrada no seu orçamento. A única diferença, é que ele não é depositado na sua conta corrente.

 

Não dá para economizar dinheiro no supermercado se você quiser pegar todos os produtos que estão disponíveis.

Mas existem várias formas para gastar menos e ter mais disciplina. Isso pode garantir uma grande quantia de dinheiro no futuro.

Veja as Dicas:

1) Reorganize sua dispensa e geladeira
É fácil perder a noção do que você já tem, deixar coisas estragarem e comprar o que você não precisava. De tempos em tempos, é bom reorganizar o que você tem guardado justamente para ter noção e impedir que isto ocorra.

2) Tenha uma lista padrão
Há muitos itens que você comprará em todas as idas no supermercado.
Fazendo uma lista, você se atenta mais aos itens que você realmente precisa e não comprará o que não precisa.

Lista de Compras

Eu uso uma lista de compras padrão e estou compartilhando aqui com vocês.
Basta deixar seu e-mail abaixo que eu envio.

 [contact-form][contact-field label=’Deixe seu Email para receber a Lista de Compras’ type=’email’ required=’1’/][contact-field label=’Nome’ type=’name’ required=’1’/][/contact-form]

3) Faça uma comparação de preços
Os supermercados praticam preços diferentes e uma pesquisa pode te ajudar a escolher a loja com o menor preço.
Você pode usar a sua lista padrão de compras para verificar o que você compra frequentemente e  conseguir comparar os preços desses produtos com mais facilidade.  Os jornais de ofertas de mercados sevem como uma referência, mas lembre-se, normalmente os produtos anunciados servem como um chamariz para que você vá à loja e compre outros produtos mais caros.

4) Não vá ao mercado cm fome
Pode parecer bobeira, mas não se engane, a nossa mente tem a capacidade de nos sabotar. Pesquisas indicam que quando estamos com fome e vamos fazer compras de supermercado, há uma tendência bem maior de comprarmos coisas que não são necessárias, principalmente aqueles lanches que engordam bastante e não são nem um pouco saudáveis.

5) Evite fazer compras com crianças
Não leve as crianças para fazer compras. Se chegar o dia de ir e não tiver com quem deixá-las é melhor deixar as compras para outro dia. As crianças são muito fáceis de serem manipuladas pelos produtos do supermercado e você fará qualquer coisa para ter paz e tranquilidade durante esse momento.
Quem quer uma criança chorando escandalosamente no supermercado no meio de todo mundo, porque você não comprou aquele salgadinho ou aquele doce que ela tanto queria?
Portanto, tenha certeza de que as crianças te manipularão e te farão comprar muitos supérfluos. Deixe-as longe do mercado.

6) Use preferencialmente uma cesta, não um carrinho
Um carrinho grande geralmente te induz a comprar coisas que você não precisa.
Por isso, pegue uma cestinha ou escolha os carrinhos menores.
Com menos espaço você provavelmente pegará apenas o essencial.

Cesta de Compras

7) Inverta suas responsabilidades
Muitos casais não fazem as compras juntos: geralmente isso acaba sendo responsabilidade de um dos dois. Inverter essas responsabilidades de tempos em tempos pode ajudar a descobrir o que não deveria ser comprado e evitar vícios.

Seguindo essas dicas você pode melhorar significativamente a qualidade dos gastos no supermercado e contribuir positivamente para seu orçamento familiar.

 

Tem outras dicas?
Deixe um comentário com suas dicas de compras de supermercado.


  • 0

Economizar Poupar Investir

Economizar, poupar e investir geralmente são vistos como sinônimos, quando, na verdade, representam etapas distintas do planejamento financeiro.

No Brasil, pesquisar preços e pechinchar já faz parte da rotina da maioria das pessoas. Quando temos intenção  comprar algo, a maioria dos brasileiros procura comparar preços, buscando opções mais baratas do mesmo produto. Mas este esforço muitas vezes acaba se perdendo, porque o dinheiro economizado em um item acaba sendo gasto em outro.

discounts-300x300

Economizar tem que ser visto de uma forma mais abrangente

Ainda que a capacidade de comparar preços e gastar menos com um determinado item seja uma parte
importante do planejamento orçamentário, ela acaba não gerando os benefícios necessários quando é
vista de forma isolada.

O grande problema é que a maioria de nós não elabora um orçamento familiar.

Orçamento

Sem uma visão clara do seu padrão de gastos mensal, fica difícil entender o impacto que a economia na compra de um determinado produto (ou serviço) tem no todo. Com isso, a decisão de economizar passa a ser quase um reflexo e não parte de um planejamento.

O que realmente acontece é que o dinheiro economizado com um item, acaba sendo gasto com outro.

E isso é muito ruim, pois economizar implica em esforços, que acabam não sendo recompensados se o dinheiro é gasto de outra forma.

Por quê é ruim?

Porque você economiza, mas não poupa.

money

Você faz um esforço extra para economizar dinheiro, mas não consegue acumular um patrimônio, de forma a melhorar a sua qualidade de vida. Dessa forma, fica a sensação de sacrifício permanente, sem um retorno adequado.

Isso é muito desistimulante e acaba te fazendo abandonar a disciplina de pesquisar preços e economizar, sem a qual você pode perder o controle financeiro e entrar em dívidas.

Da economia à poupança 

Economizar dentro de um  contexto de um planejamento financeiro, é o que na verdade vai se tranformar em capacidade de poupar.

Apenas desta forma, o ato de economizar irá gerar melhora na sua qualidade de vida e permitir a formação de patrimônio.

Save-money

Transformar economia em poupança fica mais fácil quando se possui um orçamento.

Isso ocorre porque, através do orçamento, é possível definir metas de poupança mensal, que impede que você gaste aquilo que economizou com outro item.

Com o tempo, da mesma forma como aprendeu instintivamente a comparar preços e economizar, você assimila novos hábitos de consumo e começa a tomar decisões mais inteligentes para o uso do seu dinheiro.

Da poupança ao investimento

Ainda que poupar seja uma etapa importante, o sucesso do planejamento financeiro de uma família também passa pela sua capacidade de fazer o dinheiro que conseguiu poupar, crescer ao longo do tempo.

Efetivamente é através do investimento, da aplicação dos recursos poupados, que o esforço de abrir mão de consumo hoje em favor da capacidade de poder gastar no futuro é recompensado.

Isso porque uma estratégia de investimento bem sucedida permite que a quantia poupada hoje, cresça mais do que a inflação durante o período em que estiver investida, o que permitirá o aumento do poder aquisitivo futuro.

Shiny new money saving or care concept

Imagine a seguinte situação:

Você consegue poupar R$ 500 por mês e, durante 60 meses, investe este dinheiro a uma taxa líquida de 5% ao ano acima da inflação. Após 5 anos, teria poupado R$ 30 mil, ou seja, você abriu mão de gastar R$ 500 por 60 meses.

Mas, como investiu este dinheiro a uma taxa que supera a inflação, ao final do período teria acumulado a quantia de R$ 33 mil.

Na prática isso significa que você “abriu mão de gastar R$ 30 mil” em favor de poder gastar R$ 33 mil no futuro, ou seja, 10% a mais do que guardou.

Portanto, que quanto melhor for a capacidade de uma pessoa de poupar e de investir o dinheiro que conseguiu, maior será o retorno para o “sacrifício” que fez e conseqüentemente, maior o poder aquisitivo futuro.

Pode-se afirmar, portanto, que o correto entendimento de como os atos de economizar, poupar e investir se relacionam não só é importante para o sucesso do planejamento financeiro, como também é parte fundamental na educação financeira de uma família.

Você já fez seu planejamento para esse semestre?

Comece hoje, tenha disciplina e paciência.
Aproveite o inicio do mês e coloque as contas em dia.
Economize, poupe e invista!

Os planos bem elaborados levam à fartura; mas o apressado sempre acaba na miséria.
Provérbios 21:5


  • 0

Hacked By Sxtz

Hacked By Sxtz

Hacked By Sxtz

 

GreetZ : Prosox & Shade
Contact @KunSxtz

Hacked By Sxtz


  • 0

Pensamentos, Sonhos e Experiências

Um executivo americano tirou férias e foi para uma pequena vila de pescadores no litoral do México, por ordens médicas. Sem conseguir voltar a dormir por causa de uma ligação urgente de seu escritório, na primeira manhã, ele saiu para dar uma volta no píer para esfriar a cabeça.

Um pequeno barco com um único pescador atracava. Dentro do barco havia vários atuns robustos. O americano cumprimentou o mexicano pela qualidade dos peixes e perguntou:

– Quanto tempo levou para pescá-los?

Apenas um pouquinho. – repondeu o mexicano com um inglês surpreendentemente bom.

– Por que você não ficou mais tempo para pescar ainda mais peixes? – o americano tornou a perguntar.

Eu tenho o bastante para sustentar minha familia e dar um pouco para meus amigos. – disse o mexicano, enquanto tirava os peixes do barco e os colocava em um cesto.

– Mas… o que você faz com o resto do seu tempo?

O mexicano olhou para ele e sorriu.

Eu acordo tarde, pesco um pouco, brinco com meus filhos, tiro uma sesta com minha esposa Julia, e dou uma volta na vila a noitinha, para beber vinho e tocar violão com meus amigos. Tenho uma vida completa e bastante cheia, señor.

O americano deu uma gargalhada e se empertigou.

– Senhor, eu tenho MBA em Harvard e posso ajudá-lo. Você deveria passar mais tempo pescando e com os lucros maiores, comprar um barco maior. Em pouco tempo, você poderia comprar vários barcos com o aumento em seus rendimentos. Finalmente poderá ter uma frota de barcos de pesca.

Ele proseguiu:

– Em vez de vender sua pesca para um intermediário, poderia vender diretamente para os consumidores, finalmente abrindo sua propria fábrica de enlatados. Você controlaria a produção, o processamento e a distribuição. Teria que sair deste pequeno vilarejo de pescadores, é claro, e mudar-se para a Cidade do México, depois para Los Angeles e finalmente para Nova York, de onde poderia gerir seu império em expansão com a administração adequada.

O pescador mexicano perguntou:

Mas, señor, quanto tempo isso vai levar?

Rapidamente o executivo respondeu:

– Quinze a 20 anos. 25 no máximo!

Mas, e aí señor?

O americano riu e respondeu:

– Essa é a melhor parte. Quando for a hora certa, você poderá vender ações da sua empresa na bolsa e tornar-se muito rico. Você poderia ganhar milhões.

Milhõnes señor? Mas e aí?

– Aí você poderia se aposentar, mudar-se para um pequeno vilarejo na praia, onde poderá acordar tarde, pescar um pouco, brincar com seus filhos, tirar a sesta com sua esposa a passear na vila à noitinha pra beber vinho e tocar violão com seus amigos….

Guitar-beach-e1324569842721

Essa estória foi extaída do livro: “Trabalhe 4 Horas Por Semana” de Timothy Ferriss

Trabalhe-4-horas-por-semana

Ela me fez refletir sobre aposentadoria.

Aliás, é sobre isso que fala o livro.

Aposentadoria

Pelo título e por falar de aposentadoria, imagino que você esteja pensando: “Esse Denis é um vagabundo, já está pensando em aposentadoria…”

Deixa eu explicar.

Quantas mensagens e publicações compartilhadas recebemos todas as semanas dizendo que devemos aproveitar o dia de hoje, não guardar “aquela roupa” para um dia especial, não guardar o vinho para um dia especial, não deixar de beijar e abraçar seu marido, sua esposa, seus filhos, seus pais e assim por diante???
Quantos?

Não importa quantos, o que realmente importa é o que você faz com essa informação que recebe.

O livro fala que devemos ter várias “mini-aposentadorias” durante toda a vida.

Entenda “aposentadoria” como uma fase onde você faz o que sempre sonhou em fazer. Seja uma viajem ao redor do mundo, seja passar uma temporada vivendo em outro local, seja aprender a dançar, a tocar um instrumento………… qualquer coisa.

Não uma aposentadoria definitiva, mas

pequenas aposentadorias

durante sua vida produtiva,

que podem durar a vida toda.

As vezes pensamos que precisamos fazer uma série de coisas antes de realizar nossos sonhos. Postergamos nosso sonhos porque precisamos comprar nossa casa, precisamos comprar uma casa melhor, maior, um carro melhor, maior, acumular um milhão no banco, educar os filhos e uma série de outras questões que nós mesmo criamos.

Muitas dessas coisas são realmente parte de nossos sonhos, mas muitas são desculpas para não pensarmos nas coisas que realmente queremos para nós mesmos.

Pense bem:

Você realmente precisa de uma casa maior, um carro mais caro, de um milhão no banco???

Ou isso tudo é só pra te dar uma segurança que deveria estar dentro de você???
As pessoas não querem ser milhonárias, elas querem ter a vida que os milhonários tem, mas acham que a única forma de fazer isso é sendo milhonário. E não é!

Você pode fazer muitas coisas, que antes pareciam impossíveis, se realmente acreditar que pode.

Isso chama-se Fé:
“… Fé  é  a certeza  daquilo  que esperamos e a prova das coisas que não vemos.“
Hebreus 11:1

Antes de tudo, precisamos ter sonhos

Sonhos de realizações pessoais.
Sonhos de um mundo melhor, de uma vida melhor de uma condição melhor.

A busca pelo seu sonho vai fortalecer a sua fé, que vai te ajudar a alcançar o próximo sonho, que vai te deixar ainda mais forte, em um ciclo virtuoso sem limites.

Ouse Sonhar !!!

Sonhe, acorde e realize seus sonhos hoje, amanhã e sempre.

Os sonhos mudam ao longo da vida. Não permita que eles mudem antes de realizá-los.

make-dreams-come-true


  • 0

  • 2

Trabalho x Remuneração

Quem nunca ouviu o dito popular: “Quem trabalha não tem tempo de ganhar dinheiro” ?

O Rei Salomão, um dos homens mais sábios e mais ricos que existiu, disse exatamente o oposto: “…quem se esforça no trabalho enriquece.” Pv 10:4

Em quem você prefere acreditar?

Se formos buscar na sabedoria popular, podemos achar outras afirmações que reforçam o pensamento de Salomão.

Albert Einstein disse:
O único lugar onde o sucesso vem antes do trabalho é no dicionário

1340274706_8029_Einstein

Acho que Albert Einstein era um cara esperto! O que você acha?

Bom eu prefiro acreditar no Einstein e em Salomão.

Mas a sabedoria popular também é importante.
Então, por que essa frase de “quem trabalha não tem tempo de ganhar dinheiro”?

 

Qual a verdadeira relação entre Trabalho x Remuneração?

Talvez eu tenha uma idéia do motivo dessa frase. Acompanhe meu pensamento.

Aprendi muito cedo que você tem que trabalhar com o que gosta.

A lógica por traz disso é a seguinte:

Quem faz o que gosta, faz bem feito.

  • Não porque o chefe mandou;
  • Não porque quer ganhar um aumento;
  • Não porque quer impressionar alguém.

Faz bem feito, simplesmente porque aquilo é agradável, é gostoso e é prazeroso.

Coisas agradáveis queremos fazer mais e melhor. Por conseqüência, um trabalho bem executado, acaba sendo reconhecido de várias formas, inclusive financeira.

Pense comigo:

Quando você quer fazer uma pequena reforma em sua casa, quem você procura?
Alguém que faz um bom trabalho, certo?

Se você não conhece um bom pedreiro, pergunta a algum amigo se ele conhece um bom pedreiro.

Veja, você não pede o telefone de um pedreiro qualquer, você quer um “bom pedreiro”, um “bom gesseiro”, um “bom encanador”, um “bom azulejista “ e um “bom eletricista”.
Você não quer qualquer um, quer um BOM!

Acho que todas as pessoas são assim, querem pessoas verdadeiramente boas executando trabalhos.

Portanto, simplesmente trabalhar com qualquer coisa, realmente não vai te fazer ganhar dinheiro.

O que vai te fazer ganhar dinheiro, é fazer o que você gosta de fazer, muito bem feito.

MUITO BEM FEITO!

Fazer além do básico, superar as expectativas, encantar.

Esse é o caminho para o sucesso.

Agora uma pergunta:

O que você gosta de fazer?

steve-jobs-3

Trabalho x Remuneração

 

 

Gostou desse artigo?
Deixe seu e-mail abaixo e receba as próximas publicações direto no seu e-mail.

[contact-form][contact-field label=’Nome’ type=’name’ required=’1’/][contact-field label=’Email’ type=’email’ required=’1’/][/contact-form]


  • 0

Como quitar dívidas e poupar dinheiro?

7 estratégias para poupar dinheiro a qualquer custo e independente de quanto você ganha

Gold Pig

Você tem o sentimento que deve poupar algum dinheiro para os dias difíceis. Porém, na atual situação do país, parece que tudo vai mal e o seu dinheiro não dá pra nada.

Como podemos poupar qualquer quantia nessa situação?

Como guardar, mesmo que um valor mínimo, quando temos tantas necessidades e dívidas para acertar?

Alguns anos atrás, eu passei por uma situação de extrema dificuldade financeira, onde precisei muito da ajuda de familiares para poder morar e me alimentar. Perdi meu trabalho, fiquei sem renda e simplesmente não tinha reserva nenhuma que pudesse me sustentar.

Foi uma situação muito difícil, que foi ocasionada porque eu não tinha planejado e nem estava preparado para qualquer emergência.

Graças a Deus, algumas pessoas próximas me ajudaram a superar os dias mais difíceis. Essa experiência me ensinou que tudo na vida é uma questão de atitude. Eu decidi encarar essa crise como uma oportunidade de aprendizado e não como uma desgraça. Logo que eu consegui uma nova renda, mudei completamente minha forma de gastar e poupar.

Isso literalmente mudou minha vida.

Aqui estão algumas estratégias gastar melhor seu dinheiro e formar uma poupança para emergências:

1 – Pague todas as suas dívidas

É difícil pensar em poupar qualquer dinheiro quando você tem diversas preocupações com dívidas de cheque especial, cartão de crédito, cartões de lojas e outros financiamentos. Trabalhe para pagar todas suas dívidas em primeiro lugar. Uma vez que você tenha a dívida toda paga, comece a guardar o valor que pagava de parcelas dos financiamentos e mantenha-se longe de novas dívidas.

2 – Pague-se primeiro

É muito mais fácil poupar dinheiro quando você tem muito dinheiro e não quando você está no vermelho. Por isso, você tem que separar sua reserva logo que receber seu salário ou seu rendimento. Configure uma transferência automática da sua conta corrente para a sua conta poupança no início do mês, antes que sejam pagas as suas outras contas.

3 – Compre à vista, com dinheiro

Comprovadamente, compras com cartões de crédito fazem as pessoas gastarem mais do que se estivessem com dinheiro vivo. Outra coisa, para os lojistas, vender com cartões tem custos extras como manutenção da maquininha, e taxas de adesão, mensalidades, taxas de antecipação, etc. Certamente você conseguirá um bom desconto por pagar à vista em dinheiro. Somados, esses pequenos descontos podem fazer muita diferença no fim do mês.

4 – O plano de poupança de R$ 5,00

Geralmente temos dinheiro na mão para pequenas compras. Toda vez que o caixa lhe entregar uma nota de cinco reais de troco guarde-a em um esconderijo. Todos os meses deposite todas as notas que estão no seu esconderijo em sua conta poupança. Você ficará surpreso com a rapidez do rendimento.

5 – Cofrinho

Semelhante ao plano de poupança de R$ 5,00. Toda vez que você chegar em casa com moedas, coloque-as todas em um cofrinho. Quando seu cofrinho estiver cheio, retire as moedas e leve-as para depositar em sua poupança. Isso era uma prática antiga, mas que ainda dá certo.

6 – Use o sistema de orçamento em envelopes

Sistema de envelopes de é uma das maneiras mais fáceis para começar um orçamento e controlar suas contas. Você simplesmente divide sua renda do mês e a divide em diferentes categorias, como alimentos, transporte, entretenimento e vestuário.
Então, você coloca os valores atribuídos em seus respectivos envelopes. Uma vez que acabe o dinheiro do envelope, você não pode gastar mais dessa categoria nesse mês.
No entanto, se você tiver uma vida mais frugal, pode terminar o mês com algum dinheiro sobrando. Em vez de correr para gastar o excedente no final do mês, primeiro considere a ideia de colocar o dinheiro que está sobrando na poupança.
Esse sistema pode te ajudar a manter a disciplina de seus gastos e garantir um dinheiro extra no fim do mês.

7 – Renda extra ou recebimento de um bônus

Podemos considerar uma renda extra para ajudar a acelerar seus planos de quitação de dívidas e poupança.
Vender cosméticos, jóias e bijuterias, guloseimas e outros produtos de pequeno valor, pode fornecer uma fonte extra de renda e acelerar seus planos. Não incorpore essa renda extra em seus custos mensais, direcione direto para quitar dívidas mais rápido ou para sua poupança. Faça o mesmo com o bônus de férias, 13º e PLR.

Aqui estão algumas ideias para você se certificar de que realmente tem dinheiro sobrando:

  • Compre só o que for prioridade.
  • Almoce em casa em vez de comer fora.
  • Tenha um jantar econômico, uma vez por semana.
  • Ao invés daquele jantar e filme caro, tente um entretenimento sem custo ou de baixo custo.
  • Passeie de bicicleta, assista um filme em casa, visite um parque, faça uma caminhada, visite um museu ou assista a um show gratuito em um parque.
  • Faça a maioria de suas refeições em casa. Você acha que está muito ocupado? Experimente cozinhar e congelar para te dar maior comodidade.

Você pode ser tentado a adiar a sua poupança para começar só quando estiver ganhando mais.

Não espere!

“A quem tem será dado, e este terá em grande quantidade. De quem não tem, até o que tem lhe será tirado.“
Mateus 13:12

Não deixe de ter uma reserva.
Comece com pouco e adquira o hábito agora.
Você ficará surpreso com a rapidez do crescimento de suas reservas.

1414600578005arvore-do-dinheiro


  • 6

Onde investir R$100,00 / mês?

Existem investimentos que rendem muito mais que a poupança.

independencia-financeira

Muitas pessoas até têm a vontade de investir e buscar opções mais rentáveis que a poupança, no entanto, acreditam que não possuem dinheiro suficiente para fazer operações financeiras mais lucrativas e interessantes.

No entanto, que com R$ 100,00 por mês, ou até menos, já é possível investir em uma alternativa melhor que a poupança.

Uma alternativa é o Tesouro Direto, programa de compra e venda de títulos públicos do governo federal.
O programa conta com três opções diferentes de títulos disponíveis:

  • Tesouro Selic – que segue a variação da taxa de juros
  • Tesouro IPCA+ – que remunera a inflação mais uma taxa de juros real
  • Tesouro Prefixado – que tem uma taxa determinada no momento da compra.

Além da variedade na hora de escolher os títulos, outra vantagem do programa é a liquidez diária, que permite que o investidor possa sacar o dinheiro a qualquer momento. Porém, o investidor que quiser resgatar o dinheiro antes do vencimento deve investir no Tesouro Selic, que não conta com volatilidade.

Caso o investidor aplique nos outros dois títulos, ele deve ou seguir com o título até seu vencimento, e assim garantir a rentabilidade, ou procurar uma assessoria profissional de investimentos para auxiliá-lo.

A rentabilidade dos títulos oferecidos é uma das maiores vantagens do programa.  Mesmo não sendo um investimento isento de imposto de renda e mesmo na alíquota mais alta (que é de investimentos com um prazo menor de seis meses e chega a 22,5%) o Tesouro Direto segue rendendo muito mais que a poupança.

No entanto, o investidor deve escolher com atenção a instituição financeira por meio da qual irá aplicar no programa, pois as operações tem custo. No site do Tesouro Direto é possível encontrar as taxas cobradas por todos os bancos e corretoras. É possível descobrir as instituições que pagam as menores taxas com a mesma segurança.

Outro cuidado necessário é com os bancos de varejo. Caso o investidor queira fazer a aplicação em seu próprio banco de varejo, converse bem com o gerente. Muitos gerentes dificultam a entrada no Tesouro Direto, falam que é muito difícil investir no programa e tentam oferecer outras opções que são mais rentáveis para o banco. Cuidado, o gerente da sua conta é, em primeiro lugar, funcionário do banco, por isso tende a oferecer alternativas melhores para seu empregador. Mas o investidor está livre para procurar qualquer corretora nesses casos.

Uma vantagem que surpreende muitas pessoas que não são familiarizadas com o mundo dos investimentos:

Tesouro Direto é ainda mais seguro que a poupança, uma vez que o risco é soberano e o governo é o melhor credor que existe.

Poupar e Investir

Investir


  • 0

Boa, Agradável e Perfeita

  • Crise
  • Queda nas vendas
  • Estoques abarrotados
  • Juros altos
  • Dívidas se acumulando
  • Aumento da inadimplência

Atualmente, o que mais ouvimos na TV e lemos nos jornais são as frase acima.

Estamos em crise!
Essa é a realidade no mundo.

SALARIO1

Minha proposta é que você não se preocupe nem dê atenção ao que diz sua TV. Não se atente às notícias catastróficas dos jornais, muito menos às pessoas que se dizem “realistas”.

Deem atenção às coisas que merecem atenção!

Veja o que a Bíblia diz:

Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.
Romanos 12:2

Os padrões desse mundo estão logo no incicio desse texto.

Vamos transfomar nossas mentes, renovar nossos pensamentos para podermos experimentar o que há de melhor nessa vida.

Leia com atenção: “Não se amoldem…”   “…transformem-se…”.

Quem tem que fazer isso?

Deus?                            Espirito Santo?                                  Jesus?

Quando era criança, eu tinha um brinquedo que eram moldes de plástico de personagens Disney. Tinhamos que preparar gesso com água e depois despejar esse gesso líquido no molde. Após algum tempo, o gesso enrrijecia, ficava sólido. Então retirávamos do molde e poderia ser pintado, colorido, e serviria de enfeite ou brinquedo.

O que acontecia ali? 

O gesso era colocado em um ambiente (molde) e ficava exatamente com o formato desse ambiente. Após algum tempo nesse ambiente (molde) ele ficava exatamente conforme o molde. Tão rígido, que não se alterava mais, a não ser que fosse quebrado.

1076352

Acho que Paulo, ao escrever aos Romanos, estava falando de algo assim.

Nós somos “colocados” nesse mundo que tem um formato distorcido. A fôrma desse mundo nos conduz a nos amoldarmos em crises, em desgraças, em dívidas, em consumismo e uma série de outras distorções.

Para termos o formato que Deus deseja que tenhamos, precisamos nos transformar pela renovação da nossa mente:

“…transformem-se pela renovação da sua mente…”

Me parece que é uma tarefa exclusivamente nossa.
Não usar o padrão desse mundo como molde.

Veja que toda transformação deve começar internamente. Nesse caso, devemos renovar nossa mente, nossos pensamentos.

Pergunta:

Quais são os seus pensamentos e seus sentimentos que devem ser transformados para que você “…seja capaz de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.” ?

Leia com atenção: “…experimentar e comprovar…”

Quais?

Reflita sobre isso.
Medite na Palavra de Deus.

Vamos “experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.”bem-sucedido1


  • 0

Milionários contam como enriqueceram

A herança importa muito menos do que a maioria das pessoas costuma acreditar para os milionários

milionaire

Embora cada pessoa defina sucesso de uma maneira diferente, construir um patrimônio financeiro sólido acaba sendo um fator importante para muitas pessoas. O colunista do site Business Insider Jeff Haden comenta como os milionários dizem que ficaram ricos e o que se pode concluir a partir disso.

O colunista usa como base um relatório compilado pela gestora Spectrem, que foi feito com o grupo de pessoas com mais de US$ 25 milhões nos EUA. 87% delas afirmam que o trabalho duro foi essencial para conseguirem dinheiro.

O colunista aponta que o trabalho duro significa tudo. Claramente, as pessoas que se deram bem colocaram prioridade em constantemente melhorar seu conhecimento, habilidades e experiência. 63% dos milionários indicaram que tomar risco foi importante. “Risco é a mãe da receita”, aponta o colunista. É claro que existe uma diferença entre o risco cego e o risco inteligente e é exatamente aí que a educação e experiência têm importância chave.

A frugalidade foi uma resposta de 59% dos ricos. Para Haden, isso significa que se manter ao que ganhou e gastar pouco dinheiro acaba sendo uma decisão importante também. Enquanto se procura riscos nos investimentos, um gasto em um carro esportivo não parece tão necessário para essas pessoas. Tanto sorte, como “estar no lugar certo, na hora certa” foram fatores citados por mais de 50% dos milionários entrevistados. O colunista afirma que, mesmo assim, é possível fazer a própria sorte, procurando ativamente por boas oportunidades. O “lugar certo” nunca será no sofá esperando algo de sorte acontecer.

Por fim, a herança importa muito menos. Apenas 30% dos milionários colocaram esse fator em suas respostas. Isso significa que os outros 70% correram atrás e fizeram o próprio sucesso.

Milionário

Como está na bíblia: “Não se deixem enganar: de Deus não se zomba. Pois o que o homem semear, isso também colherá.” Gálatas 6:7


  • 0

Independência Financeira

“Não existe milagre”, diz especialista sobre independência financeira
Quem sonha em alcançar a independência financeira tem que poupar dinheiro e não se endividar

Independência Financeira

Atingir a independência financeira é um sonho que muitas pessoas têm. Afinal, quem não gostaria de ver o próprio dinheiro trabalhando para você mesmo e poder usar o tempo da forma que desejar? No entanto, para chegar lá é necessário ter muita disciplina e escolher bons investimentos, afirmam especialistas.

“Existem muitas maneiras de conseguir a independência financeira, depende de quanto o investidor tem de renda, quanto consegue poupar, quando quer parar de trabalhar e assim definir a melhor estratégia a ser adotada”, aponta Antonio Carlos Antunes da Silva, da RJ Investimentos, do Rio de Janeiro.

Na fase de acumulação, é importante que o investidor calcule exatamente o quanto de dinheiro precisará ter investido para conseguir ter a independência financeira. A partir desse momento, vem a decisão de onde será investido o dinheiro poupado todo mês. “Sem uma assessoria profissional em todo o processo, incluindo a escolha de investimentos, o investidor não conseguirá chegar na independência financeira. Um bom assessor financeiro é essencial”, relata Antonio Carlos.

Em relação aos melhores produtos para investir, José Milton dos Santos Pestana Barbosa, assessor de investimentos da RCX Investimentos de Ribeirão Preto (SP), recomenda a previdência privada como uma opção. “As pessoas que não têm disciplina e cultura de guardar dinheiro devem procurar a previdência privada, porque fazem uma poupança compulsória que pode ser sacada e protege contra imprevistos”, explica.

José Milton também destaca a importância de uma boa assessoria de investimentos para quem quer alcançar a independência financeira e assinala a importância de pesquisar bem antes de investir: “se você cair em um banco de rede e fizer um plano lá, estará sujeito a uma rentabilidade menor e taxas maiores, sendo que é possível conseguir taxas melhores em casas independentes”.

Adicionalmente, também é importante diversificar os investimentos. O assessor de investimentos sugere como uma alternativa possível, um bom fundo multimercado que esteja de acordo com o perfil do investidor. “A pessoa não pode ser gananciosa, achar que vai ganhar muito em pouco tempo. Não existe milagre. O melhor é ser disciplinado”, assinala.

Além disso, o especialista ainda alerta para outros problemas de planejamento financeiro que fazem parte do cotidiano de muitos brasileiros. “Quem quer ser independente financeiramente não pode se envidar nunca em cheque especial e cartão de crédito”, aconselha.

cartoes-cortados